Três torres de pé

João Salaviza e Ricardo Alves Jr. escreveram e realizam Russa, uma curta-metragem encomendada pela Câmara Municipal do Porto no âmbito do programa Cultura em Expansão, que amplia as possibilidades de fomentar conhecimento e intervenção artística além dos espaços tradicionalmente consagrados à atividade cultural. A finalizar este ano, o programa exibe no Auditório Isabel Alves Costa do Teatro Rivoli, dia 17, pelas 16h, com entrada gratuita, um novo filme, de autoria de dois dos mais reconhecidos jovens cineastas a trabalhar entre Portugal e o Brasil. As curtas de Salaviza já mereceram prémios no Festival de Berlim, no Festival de Cannes, no Hyperion de Budapeste, no Festival de Curtas-Metragens de Oeiras e no Festival de Vila do Conde. Ricardo Alves Jr. já foi premiado em São Paulo, Brasília, Recife, Belo Horizonte, Roma e outras cidades, sendo os seus filmes visionados em festivais como Locarno e Cannes ou no circuito dos museus, no Pompidou em Paris ou no Reina Sofia em Madrid.

A família de Russa mora no Aleixo, numa das torres que ainda se mantêm de pé. Neste reencontro breve, há uma festa de aniversário, família e amigos para beijar, trocam-se palavras, gestos e memórias.

Depois de Ubi Sunt, a curta-metragem ardente de Salomé Lamas realizada em 2016 para o programa Cultura em Expansão, envolvendo filmagens em locais marcantes do Porto de ontem e de hoje (Restaurante Cunha, Silo Auto, Palácio da Bolsa, Centro Educativo Santo António, Bairro do Aleixo, Praia do Areinho, Teatro Rivoli…), esta estreia absoluta traz-nos de volta ao Aleixo para nos falar do futuro.

Pelouro da Cultura CMP