Um novo festival para a cidade

Tanto a competição como os programas temáticos organizados para o Porto/Post/Doc são prova real de que o cinema continua vivo e rico em diversidade. Iremos exibir 50 filmes com outras tantas perspetivas pessoais sobre a realidade. São 50 histórias sobre o nosso mundo, contadas pelo olhar de inúmeros cineastas, tanto consagrados como emergentes. Um festival como o nosso também só existe porque há filmes demasiado importantes. Muitos deles são portugueses.

O Porto/Post/Doc, como o seu nome indica, é um festival que se coloca numa fronteira. Assume a herança histórica da tradição do documentário, mas afirma que o género é afetado pelas formas de ficção. Mesmo que essa seja uma constatação histórica, o Porto/Post/Doc acredita que essa é também uma tendência para o futuro, como comprovam muitos dos “documentários” que iremos projetar.

O Porto/Post/Doc é um festival para a cidade, para que possamos sentir e pensar este mundo dos documentários. Um festival para o mundo e uma celebração do cinema. O Porto/Post/Doc é um festival para o seu público.

A direção do Porto/Post/Doc