MEDEIA FILMES.
CINEMA! MAIS QUE TUDO

Num texto em que fala do modo como a televisão, o VHS e o DVD (e hoje a internet) vieram alterar a forma de ver cinema, Peter von Bagh escreveu que os filmes só poderão ser vistos “em circunstâncias produtivas” numa sala de cinema, no meio de um público verdadeiro, e que é isso que pode garantir um intenso momento de vida e de arte. E não é o desejo de todos os realizadores ver os seus filmes estreados em sala?

É essa a grande razão do trabalho que, apaixonadamente, continuamos a desenvolver, programando no Cine-estúdio do Teatro Municipal Campo Alegre os filmes que amamos e em que acreditamos, oferecendo aos espectadores do Porto qualidade e diversidade, estreias em exclusivo, privilegiando o cinema europeu, o cinema americano independente, o “cinema do mundo”, divulgando as mais variadas cinematografias, exibindo os melhores filmes selecionados e premiados nos mais importantes festivais de cinema (Cannes, Veneza, Berlim, Locarno, Toronto...).

E, porque entendemos que a programação do cinema contemporâneo deve fazer-se em diálogo com a sua história, repomos regularmente clássicos em cópias novas ou ciclos de autor.

O cinema é também aprendizagem e reflexão, abre-se a múltiplos domínios; colaboramos com várias instituições da cidade, organizando os ciclos Cinema Saúde Doença e A Justiça no Cinema, entre outros, com filmes seguidos de debates. E, com frequência, realizadores e atores vêm ali apresentar os seus filmes e conversar sobre eles.

Como sabemos, foi no Porto que em Portugal nasceu o cinema, e temos hoje na cidade acesso a uma programação regular rica em qualidade e diversidade. Cabe-nos a todos ser cúmplices empenhados na defesa desta “comunidade
das pequenas salas de cinema” [Herberto Helder], frequentá-las, deixando-nos surpreender pelo “arrebatamento”, pela “beleza”, pelo “poder de uma imagem”.

Medeia Filmes