Cinema De Bairro nas Belas Artes do Porto

A Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto iniciou há cerca de um ano esta iniciativa intitulada CINEMA DE BAIRRO. As sessões decorrem aos sábados, sempre às 17 horas, quinzenalmente, e a entrada é gratuita, estimulando o hábito de frequência de cinema da população da vizinhança, da comunidade escolar e dos interessados, oferecendo à cidade uma sala de cinema. Aos poucos, tem vindo a consolidar-se um público fiel que frequenta praticamente todas as sessões, curioso e ávido por cinema, e melhor, por outros cinemas. Tem sido apresentada uma grande variedade de filmes, de origens geográficas diversas, clássicos emblemáticos, cinema de autor e obras contemporâneas com temáticas que reflectem preocupações da actualidade. Cada sessão afirma-se como um evento especial para o espectador, ficando a impressão de que nunca sai defraudado, diria que mesmo quando não gosta do filme - gosta da sessão, e vai-se gerando um ambiente de amizade e partilha de ideias, espelhando a premissa essencial, de um projecto de consolidação de um cinema de bairro; e como nas idas matinées de outros tempos, confirma-se o prazer da ida ao cinema, entre amigos e familiares. Isto deve-se também ao contributo de entidades parceiras de Belas Artes, e principalmente a Medeia Filmes que apresenta um catálogo pleno de qualidade, a que se juntaram a apresentação de curtas-metragens do Cinanima e a organização de  sessões juntamente com o European Utopian Studies. Nas próximas sessões destacam-se os filmes Palombella Rossa de Nanni Moretti, e Recordações da Casa Amarela de João César Monteiro.

- Vítor Almeida