A "Boa Promiscuidade"

O Cinema Trindade celebra neste mês de Fevereiro um ano de vida após a sua reabertura, que está balizada por duas datas: 5 de Fevereiro - inauguração e 16 de Fevereiro - arranque da programação regular.

Para assinalar as datas, entre 5 e 16 de Fevereiro será proporcionado um programa comemorativo que reúne vários filmes que, certamente, vão marcar o ano cinematográfico. Neste quadro festivo, haverá uma antestreia por dia, um país convidado (Brasil), um módulo dedicado ao cinema português e um realizador em foco - Carlos Nader. Carlos Nader, cuja obra se divide em filmes encomendados e filmes não encomendados, é oriundo da videoarte mas enveredou pelo documentário como forma de expressar o pulsar do quotidiano brasileiro e das suas figuras míticas, tornando-se, acima de tudo, num ensaísta.

Após um ano, já é possível sentir o impacto do Cinema Trindade como um espaço de proximidade afectiva e geográfica com as pessoas, resgatando um precioso hábito de frequência cinéfila numa cidade que se transcende a cada dia. Tudo isto foi visível nas diversas sessões esgotadas.

De facto, o Cinema Trindade também tem beneficiado imenso do actual cosmopolismo e do enorme boom cultural da cidade para rapidamente se afirmar como uma paragem obrigatória dos amantes do cinema. E sendo um cinema no coração do Porto (e dos portuenses) que aposta na "boa promiscuidade" da programação para atingir a abrangência, o Cinema Trindade nunca deixa de apresentar propostas idiossincráticas e agitadoras como forma de cultivar a novidade constante.

Em 2018, vamos consolidar a internacionalização do Cinema Trindade, através de projectos em rede, dos quais a admissão à Europa Cinemas foi o primeiro passo. Mas, para o Cinema Trindade, o centro do mundo será sempre o Porto e o seu público maravilhoso.

De 5 a 16 de Fevereiro o Cinema Trindade vai estar em festa. Apareçam porque vão ser dias de cinema bonitos.

Américo Santos (Programador do Cinema Trindade)