Nazaré Manuel Guimarães

Portugal, 1952, FIC., 81’, M/ 12

Versão Original: português

Legendagem: português

A existência dura mas heróica duma comunidade piscatória, seus conflitos e sentimentos individuais, sobressaindo do drama coletivo, sempre com o mar como holocausto ou origem fertilizadora. O ciclo nascimento-vida-morte é traçado através de diversas personagens, de entre as quais se relata a história de dois irmãos – António e Manuel Manata – um forte e valente, o outro fraco e covarde... [Fonte: José de Matos-Cruz, O Cais do Olhar, 1999, p.99]