A Filha do Engano Luís Buñuel

Espanha/México, 1951, FIC., 80', M/12

Versão Original : espanhol

Legendagem: português

Don Quintin é um caixeiro-viajante amargo e frustrado. Um dia surpreende a mulher com o amante, expulsa-a de casa, não sem que antes esta lhe confesse que a filha, Marta, não é dele. Don Quintin abandona Marta à sua sorte, até que Lencho, um bêbedo, a recolhe. Definitivamente decepcionado com a vida, Don Quintin abre um cabaret chamado “O Inferno”, e torna-se num patrão desapiedado. Entretanto, a sua ex-mulher, pouco antes de morrer, diz-lhe que mentiu e que, afinal, Marta é mesmo sua filha. Quintin aceita Marta novamente, pagando-lhe uma pensão. Entretanto, Marta, já uma jovem mulher, apaixona-se por Raco e planeia fugir com ele, precisamente no dia em que o pai decide recuperá-la. Quando finalmente a encontra, Marta anuncia-lhe que espera um filho.

Ciclo 25 X Buñuel: “Um Buñuel sobretudo mexicano”